terça-feira, fevereiro 05, 2008

O meu cão é uma... "Tia" !


O meu cão anda estranho, um “pastor de alemão” que pertence há família há 10 anos, de há uma semana ou duas, anda bastante inquieto. Não pára sossegado, por vezes ladra sem parar, o que me dá cabo dos nervos, noutras ocasiões produz um latido que quase me deixa louco.

Deveras preocupado com esta atitude do cão, que assim nunca foi, sempre demonstrando grande carácter – aliás, como é típico desta raça – agora parece um cão “mimalho”. No inicio, pensei que tinha a ver com as politicas do Governo do Sr. Sócrates (de verdade! Pensei mesmo, o meu cão é muito sensível a injustiças), mas mesmo explicando-lhe que este Governo de socialista só tinha o nome – António Arnaut ou Manuel Alegre entre outros, podem atestar – que o PS agora quer dizer Partido Socrático, que o Sr. Ex-ministro da saúde só pretendia racionalizar as maternidades e os hospitais do País, não importando o número de bebés que nascem nas auto-estradas (como aquela situação do Sr. António que foi pai de um lindo bebé na Maternidade Km. 25 da A14), ou as pessoas que morrem a caminho dos hospitais, mas mesmo assim, o Ronnie não dava sinais de serenidade. Ainda lhe dei uns biscoitos especiais para cachorros com problemas de personalidade, produto caro e só à venda no estrangeiro (Espanha), mas não! Definitivamente, não!

Será que o canino teve conhecimento que a Luciana Abreu posou nua para a revista FHM (de facto baba-se muito), certamente o pobre coitado não distingue a menina Floribela da mulher Luciana, em bem lhe expliquei, mas nada!

A solução foi levá-lo ao veterinário do bicho, o Dr. Messias, pessoa calma, ponderado e conhecedor como ninguém de inquietudes em cães (e outros animais).

Mal o bicho viu o Dr. Messias logo começou a ladrar, assim de baixinho, com alguns latidos pelo meio. Percebeu-se que o reconhecido veterinário estava a perceber o que se passava. Também não admira, com a experiência do Dr. é natural que entendesse os receios do animal.

O Cão acalmou e o Dr. Messias, questionou-me:

- O seu cão vê televisão?

- Ele no canil tem um DVD e só lhe dou filmes educativos, tipo: “O Rambo e os cães raivosos”.

- Bom. O Ronnie ouviu uma notícia na TV que o deixou com a perturbação patente e embora tenha tentado comunicar consigo não teve sucesso o que provocou toda esta ansiedade.

- Ouviu na Tv?! Só se foi da varanda, em algum momento de liberdade. Mas, afinal que viu ou ouviu o Ronnie na TV?

- Pois é! Pois é! O seu cão é um vaidoso, desde que ouviu que abriu em Cascais uma boutique de roupa de alta-costura para cães, não pensa noutra coisa. Vai ter que deslocar-se a Cascais à dita loja.

Lá fui ver que roupinha seria. De facto, tecidos da melhor qualidade e as costuras executadas como se fossem para bebé. Casaquinhos forrados, com ou sem gola de pêlo, roupões de banho, fatos de cerimónia, gorros e coleiras com cristais, há de tudo! Não esquecendo perfumes, óleo para as patinhas e sabonete esfoliante, sempre com preços a condizer.

Afinal o que quer dizer a expressão: ”vida de cão?!...”

Bolas!... estou baralhado!

O meu cão é uma… “tia”.







13 comentários:

Anónimo disse...

Nunca antes tinha lido um texto tão cómico e ao mesmo tempo tão real.Já chegamos ao ponto de haver pessoas que gastam mais dinheiro em roupa para os cães do que em comida para elas...parecendo que não isso é assustador!Abraço Manuel.

Anónimo disse...

FANTÁSTICO! Do melhor que já li nos últimos tempos...
O Populus gosta do teu jeito de escrever, continua!
Beijinho. Liliana

Luís Antero disse...

ainda tenho umas contas a ajustar com o ronnie. de facto, no que toca à minha pessoa, o bicho anda estranho já lá vão uns anitos, pelo menos desde que levei aquela denta na testa. porra, ainda me doi.
abraço neves. abraço ronnie. abraço di. bjinho nanda. pois é, agora apanhei o jeito com o nº 4 e já n quero outro.
estão umas fotos curiosas no foto memória. passem por lá.

Tozé Franco disse...

Olá Manuel Neves.
Que havia um dentista para cães ao pé de Sintra, eu sabia pois tinha visto a placa.
Agora alta costura para cães??? Anda tudo maluco ou quê?
Um dia destes temos os cães a ladrar tipo Catelo Branco, ou armados em tias, como parece ser o caso do seu. Mas, se ele ainda não lhe pediu silicone para os peitos, a coisa não deve ser grave.
Um abraço.

Anónimo disse...

não existem dúvidas que a comunicação é essêncial para nos podermos entender e de que existem limites para aquilo que queremos e que os nossos companheiros de existência permitem.
"A minha liberdade termina onde começa a liberdade dos outros"

FilipeMonteiro disse...

Ahah..mais um texto de grande qualidade!
Na realidade, o Ronnie nunca me enganou, eu sempre tive a sensação que aquele cão...enfim!

Desta vez, opto mesmo por desejar cUmprimentos!

andré carecho!

Chanesco disse...

Caro Manuel

O Ronnie é uma tia, mas uma tia que se dá ao respeito.
Gostei!

Abraço

rato do campo disse...

Muito boa, esta análise social que fazes através do cão. Excelente, mesmo. Parabéns.

as-nunes disse...

Isto cheira-me a conversa de advogados e, pior ainda, ao mesmo tempo, advogados daqueles que acabam por baralhar o sistema de tal maneira que uma pessoa fica sem saber se vale mais ser pobre ou escravo.
Quando é que nos explicarão (poderá ser talvez o Dr Messias, tendo em conta a sua grande experiência e acerto no diagnóstico e terapêutica a condizer)porque é que o vulgo Zé, mesmo que trabalhe uma carrada de anos tem uma data de deduções se se quiser reformar do serviço escravo que teve que suportar toda a vida, enquanto certos animais se reformam mal passem 8 anos sentados a ouvir uns sermõezitos enfadonhos ou mesmo a dormir ou a ler o jornal. Depois é só continuar com uma profissão que tinha ficado devidamente resguardado e...a vida continua como se não se tivesse passado nada .
Somos parvos ou quê?
Venham-nos cantar a canção do bandido com essa história que levam uma vida de cão, venham!?
Que tal atiçar o Ronnie, mesmo pedindo-lhe para ser "meiguinho"?
Um abraço
António

Oris disse...

Muito divertido este texto, mas com uma crítica muito contundente...

Atiça o Ronnie...
Há umas certas pessoas, que bem precisam de ser mordidas, para ver se acordam...

Bom fim-de-semana.

Beijitos

Sal disse...

Olá :) Devias ter deixado a parte em que dizias que o Dr Messias (lol) era um profundo conhecedor de línguas, desde o creolo ao mandarim. eheheh. Um grande abraço.

Jofre Alves disse...

Passo para ver e apreciar o blogue e desejar boa semana.

Mithrain disse...

Excelente texto!